Saiba como melhorar a caminhada e trazer benefícios para a saúde

Saiba como melhorar a caminhada e trazer benefícios para a saúde

A caminhada pode ser um exercício físico eficiente, desde que venha acompanhada de algumas técnicas importantes. O que diferencia “caminhar” de “andar a pé” é justamente a adoção de procedimentos simples, mas que garantem regularidade, intensidade e repetição.

Algumas dicas importantes podem ajudá-lo a perder peso com a caminhada. Saiba como melhorar a caminhada e trazer benefícios para a saúde. Mas antes, você sabe qual a diferença entre atividade física e exercício físico?

Atividade física é um movimento realizado pelos músculos esqueléticos que requer energia, isto é, qualquer movimento que se faça com o corpo é realmente atividade física. O exercício físico, no entanto, é um movimento planejado, estruturado, repetitivo e intencional, destinado a melhorar ou manter a aptidão física, sendo uma subcategoria de atividade física.

Como vimos, há uma diferença muito grande entre passear no shopping e caminhar fazendo exercícios. Sem seguir algumas recomendações rumo à caminhada correta, ela certamente vai virar um passeio.

Não há contraindicações em fazer o passeio a pé. Pelo contrário: sempre que possível, opte por resolver as coisas do seu dia a dia percorrendo distâncias a pé – a fim de manter o corpo sempre em movimento.

Contudo, se a ideia é fazer caminhada se exercitando ao mesmo tempo, é necessário fazer isso de forma planejada, para que o treino promova um aumento da frequência cardíaca e melhore a força e a resistência muscular. 

Para isso, siga as orientações para fazer a caminhada de forma correta

Faça o aquecimento da maneira certa 

Antes de começar a caminhada, dedique de 5 a 10 minutos para o aquecimento, para aumentar o fluxo sanguíneo e ativar os músculos que você usará enquanto caminha. Passe alguns minutos fazendo movimentos das pernas, elevação de panturrilhas, “toe taps” ou qualquer combinação que faça você se sentir solto. 

Controle o ritmo 

Procure caminhar um pouco mais rápido que em um passeio. Você pode ter momentos com passadas mais curtas e rápidas, alternando com momentos de descanso e passadas mais longas. 

Foque no exercício: no passeio, você pode distrair-se com outras coisas. No exercício, o foco deve ser seu ritmo. 

Acerte no tempo ideal de caminhada 

Se você começou realizando 30 minutos de caminhada, tente aumentar na outra semana para 35 minutos e siga assim semana a semana , até completar 45 minutos. 

Transforme a caminhada em corrida 

Se mesmo assim o exercício estiver fácil —com aquela sensação de que se acostumou com o estímulo, comece a caminhar cada vez mais rápido e, com o tempo, perceberá que estará dando leves trotes.  Você notará que o seu corpo solicitará mais e mais estímulos e logo estará correndo.

Estabeleça metas de treino

Você pode estabelecer metas de tempo, de voltas na pista, de quilometragem ou até no próprio ambiente — exemplo, caminhar rápido até uma árvore, depois estabelecer outro ponto e assim vai. 

Alterne os estilos de treino 

Faça um dia de caminhada, e no outro exercício de força. Pode ser musculação, treino funcional com o peso do corpo ou com elásticos. Isso é importante para o fortalecimento da musculatura do seu corpo, o que ajuda a prevenir problemas futuros. 

Intensifique a caminhada em outros solos 

Uma forma de intensificar a sua caminhada é mudar o solo. Andar na terra, na areia ou na grama proporcionam um estímulo diferente e é uma atividade um pouco mais exigente do que caminhar no asfalto. 

Caminhe em subidas 

Uma boa forma de dar intensidade à caminhada é mudar a declividade do terreno. Sempre pesquise o trajeto que vai caminhar. Aos poucos inclua trajetos com subidas ou mesmo escadarias para intensificar ainda mais sua caminhada. 

Escolha a música certa para caminhar 

Se costuma treinar ouvindo um som, coloque músicas empolgantes e que tenham ritmo. Pesquisas mostram que músicas mais aceleradas tendem a nos motivar ainda mais e, inconscientemente, tentamos ritmar os passos com a batida da música. 

Transforme o alongamento em rotina e treinamento 

Sempre inclua alongamentos após o treino ou em dias separados, como um treinamento, para melhorar ainda mais seu desempenho na caminhada. 

Aos poucos você perceberá que seu corpo pedirá mais e mais.

Assim, você intensificará o treinamento e colherá muitos benefícios da caminhada, como melhora da saúde cardiovascular, controle da glicemia (açúcar no sangue), melhora articular, aumento da imunidade e melhora do humor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *